Universal, Limitada – Isabel Cristina Pires

IMG_2231

Este pequeno livro contém entre duas a três dezenas de contos curtos de ficção científica – muito curtos, a maioria ocupa apenas duas páginas com escassos contos a alargarem-se à meia dúzia de páginas.

Os primeiros contos parecem pequenas deambulações filosóficas, sem enredo próprio, dissertações de preocupações galácticas e pensamentos suaves. Este género de escrita pode ser agradável mas não me enche as medidas narrativas – felizmente, não desisti e encontrei excelentes e irónicas histórias.

Num planeta onde todos os seres voavam menos os seres humanos, instala-se a loucura egoísta pela leveza dos demais, noutro a ausência de árvores e organismos mais rígidos é respondida com o maior prejuízo para o viajante. Na Terra encontramos alienígenas camuflados a quem são feitas dádivas de comida viva e a Torre dos Clérigos é raptada para uma palestra sobre monumentos humanos.

Em As três mulheres de Medeia quase que é recriada a cena das bruxas de Shakespeare, mas à dimensão intergaláctica, e em O Laboratório de Biologia um homem sobrevive numa campânula, observado por estranhos seres de dimensão bastante superior. Já em Bilhete-postal para Sírius discorre-se sobre os estranhos hábitos dos humanos.

Explorações planetárias, pedrinhas que permitem quebrar as leis da física e tempo dominado por grandes companhias são apenas mais algumas das premissas que encontramos, para além de uma inventiva razão para a extinção dos dinossauros. Apesar de não ter apreciado todos os contos de igual modo, encontrei alguns que me agradaram imenso quer pelas ideias, quer pelo desenvolvimento e reviravolta da cena inicial.

Tendo lido o livro sem qualquer contexto prévio, tenho a dizer que que estranhei as opiniões tão divergentes que descobri depois. Terá sido com este livro que a autora ganhou o Prémio Caminho Ficção Científica de 1987, facto que pelos vistos originou algum falatório na época (conforme podem ler nesta crítica a outro livro da autora no E-nigma) e quando lhe peguei desconhecia que as opiniões tivessem sido tão diversas (ver opinião bastante mais positiva do Rogério Ribeiro em I Dream in Infrared).

Por minha parte aconselho – não é o melhor livro de ficção científica portuguesa que já li mas possui excelente contos e vale bastante mais do que o preço que a editora pede actualmente pelo livro, 1€. Para os interessados, estejam atentos – haverá, nos próximos dias passatempo deste livro.

2 pensamentos sobre “Universal, Limitada – Isabel Cristina Pires

  1. Pingback: Universal, Limitada - Isabel Cristina Pires | F...

  2. Pingback: Resumo de Leituras – Fevereiro de 2016 (4) | Rascunhos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s