Resumo de leituras – Março de 2016 (7)

IMG_3954

65 – The Bestiary – organizado por Ann Vandermeer – Este bestiário organizado por Ann Vandermeer reúne alguns dos melhores autores do género fantástico, com nomes como China Miéville, Michal Ajvaz, Karen Lord, Dexter Palmer, Michael Cisco, Catherynne M. Valente ou Rhys Hughes para referir apenas alguns. Se algumas das histórias que envolvem os seres imaginados são melhores do que outras (como seria expectável numa compilação deste género), algo que é constante, é o aspecto gráfico, sempre excelente;

66 – Descender Vol.1 – Jeff Lemire – O primeiro volume desta banda desenhada de ficção científica traz-nos um cenário semelhante ao Battlestar Galactica, envolvendo uma criatura artificial de aspecto juvenil onde não consigo deixar de me recordar do filme A.I, numa semelhança com a história de Pinóquio. Ideia engraçada de ambiente trágico e alarmante possui um aspecto gráfico que funciona melhor quando se está a ler, do que pensei quando abri o livro pela primeira vez;

67 – A viagem dos sete demónios – Manuel Mujica Lainez – O Diabo está zangado com a ociosidade demonstrada pelos sete demónios e decide enviá-los à Terra, para, conjuntamente, ultrapassarem sete missões, uma desenhada para cada um deles. A cada um dos sete pecados capitais corresponde um demónio e conjuntamente irão desenhar planos para fazer resvalar algumas almas humanas. Com alguns detalhes engraçados, consegue não ser excelente – algumas das missões são altamente compostas, com detalhes bastante interessantes, enquanto outras são quase simples e banais. De destacar a missão que se desenrola num futuro quase utópico;

68 – Southern Bastards Vol.1 – Jason Aaron e Jason Latour – O ambiente é o típico dos filmes e séries que retratam o interior americano, onde nas vilas pobres carregadas de pessoas simples, o meio de subsistência pode não ser o legal. Mas os habitantes já se habituaram a manter a cabeça nos seus próprios negócios – o pior cego é aquele que não quer ver. Apesar de abrir portas para uma continuação, diria que este volume conta uma história completa por si – uma história de violência num cenário inóspito.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s