Os Favoritos (parte II)

(Os Favoritos – Parte I)

E voltemos à rubrica que está a desarrumar catastroficamente as minhas estantes, dado que ao percorrê-las vou retirando cada vez mais livros. A indecisão reina, mas eis dois autores fantásticos:

IMG_6226

3. China Miéville

Perdido Street Station é um dos poucos livros de que me lembro sempre que me perguntam por aqueles de que gostei mais. Entre investigação científica e criminal, com detalhes de steampunk e estranhas quimeras humanóides, apresenta uma história complexa conta por vários pontos de vista.

IMG_6246

Para além da trilogia de New Crubozon (constituída por Perdido Street Station, The Scar e Iron Council) o autor escreveu muitos mais livros fantásticos. Um dos temas mais inspiradores e fascinantes são decerto as cidades. Dentro desta temática China Miéville escreveu dois livros:  UnLunDun e The City & The City. O primeiro, mais juvenil, apresenta-nos uma cidade numa realidade paralela, um reflexo distorcido da cidade de Londres. Já o segundo centra-se em duas cidades sobrepostas, simultaneamente visíveis e invisíveis entre os habitantes de cada um dos lados, onde ocorre um crime. A investigação leva o polícia a deslocar-se entre as duas cidades numa história que intercala o Suspense com o Fantástico mas que possui também detalhes distópicos.

IMG_6307

4. Umberto Eco

Sim. Tenho a confessar que gostei do livro mais conhecido do autor O Nome da Rosa. Sim, achei que a discussão sobre o riso de Deus se estendeu para além do agradável mas achei que, no conjunto, este era apenas um detalhe. Misturando crime com ficção histórica, possui várias discussões filosóficas interessantes que conferem ao conjunto algo especial.

IMG_6284

Em Baudolino a história torna-se mirabolante, um misto entre ficção histórica e fantástico que se centra num burlão ou mentiroso compulsivo que convence o rei a patrocinar uma expedição até ao Reino de Prestes João a fim de verem pessoalmente as bestas maravilhosas e as riquezas descritas numa suspeita carta. Invenção sobre invenção, tudo parece ir-se encaixando numa ilusão cada vez maior.

IMG_6289

Bastante diferente dos anteriores é A Misteriosa Chama da Rainha Loana, um livro que se debate com a perda da memória depois de um AVC, pelo ponto de vista de um velhote que recorda todas as páginas dos livros que leu, mas nada que se relacione com a sua própria vida. Lentamente estas memórias irão surgir entre as linhas das histórias que leu.

(continua…)

6 pensamentos sobre “Os Favoritos (parte II)

  1. Pingback: Os Favoritos (parte III) | Rascunhos

  2. Pingback: Últimas aquisições | Rascunhos

  3. Pingback: Os Favoritos (parte IV) | Rascunhos

  4. Pingback: Os Favoritos (parte V) | Rascunhos

  5. Pingback: Os favoritos (parte VI) | Rascunhos

  6. Pingback: Favoritos VII | Rascunhos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s